Coquetel de fruta: 3 receitas que você precisa saber de cor

| coquetel de frutas | Receitas
O Brasil é um paraíso tropical, então é natural que as frutas mais diversas façam parte do nosso cotidiano. Um coquetel de fruta, por tabela, deveria ser uma instituição de qualquer festa e celebração que aconteça com os amigos e famílias.

Coquetel de fruta não é, necessariamente, sinônimo de batida de fruta, os tradicionais drinks de rua e de bares de textura mais cremosa e dulçor acentuado. O que não quer dizer que você deva deixá-los de lado em qualquer confraternização que reúna pessoas dos gostos mais variados e convidados que não têm o hábito do happy hour. O amargor de um Negroni tem o seu público, mas é importante entender (e respeitar!) todos os paladares.
 

Coquetel de fruta x batida de fruta

Uma boa batida de fruta é versátil e fácil de ser preparada. Não há mistérios: uma fruta de preferência, cachaça ou vodka para dar o punch e leite condensado, a fonte do dulçor e da textura cremosa característica do coquetel. Democrático, o drink é daqueles que funcionam muito bem quando feito em grandes quantidades para servir em vários copos e compartilhar?
 

Batida de morango (14,8 g)

50 ml de vodka Smirnoff
5 morangos picados
15 ml de leite condensado

Em um liquidificador, coloque todos os ingredientes e bata; sirva em copos com gelo ou bata gelo picado no liquidificador junto aos outros ingredientes.
 

Cremosidade além da batida

A batida tradicional não é o único drink com frutas que se destaca pela cremosidade. De sotaque latino, a piña colada é um clássico da coquetelaria que também merece ser lembrada em festividades, principalmente em dias mais quentes. Tropical e refrescante, trata-se de uma receita cujo sucesso sob o sol é comprovado há décadas. Um pequeno guarda-chuva cravado sobre um pedaço de abacaxi no copo deixa tudo mais divertido!
 

Piña Colada (graduação alcoólica: 19 g)

60 ml de rum branco
120 ml de suco de abacaxi
60 ml de creme de coco

Em um liquidificador com gelo picado, adicione todos os ingredientes e bata; sirva em um copo alto e decore com uma fatia de abacaxi na borda.
 

Coquetel de fruta = refrescância

Claro, nem todo coquetel de fruta é cremoso como uma batida. A caipirinha é um ótimo exemplo – seja em sua versão tradicional ou nas receitas mais diferentonas – de drink no qual as frutas escolhidas ressaltam a personalidade refrescante do que vai no copo. Mas há outros clássicos globais e atemporais que podem e devem entrar na lista de receitas de sua festa – principalmente se ela acontece na praia ou à beira da piscina.

Para além de todo o frescor e facilidade em beber, a Tequila Sunrise é uma ótima opção para servir para os amigos – especialmente, quando preparada na frente de todos. O truque de misturar o xarope de grenadine à bebida, causando o efeito de por-do-sol que o nome do drink faz alusão, é simples e, embora já antigo, sempre impressiona todos ao redor!
 

Tequila Sunrise (graduação alcoólica: 19 g)

60 ml de tequila Dom Julio Reposado
120 ml de suco de laranja
10 ml de grenadine

Em um copo alto com gelo, adicione a tequila e o suco de laranja e misture; jogue suavemente o xarope por cima e finalize com uma rodela de laranja e uma cereja.
 

Tudo junto e misturado

Quer explorar ainda mais sucos de frutas, a melhor maneira ‘tudo junto e misturado’? Pois apresente o Honolulu aos seus convidados. Outro clássico da coquetelaria, com inspiração na cultura polinésia, é daquelas receitas tão fáceis de preparar que você com certeza vai se perguntar: por que eu nunca preparei esse drink antes para a galera?
 

Honolulu (graduação alcoólica: 22,4 g)

60 ml de gin Tanqueray
15 ml de suco de abacaxi
15 ml de suco de laranja
10 ml de suco de limão
10 ml de xarope de açúcar
1 lance de Angostura Bitters

Em uma coqueteleira com gelo, bata todos os ingredientes; coe para uma taça resfriada e finalize com um twist de casca de limão.
 
Beba com moderação. Não compartilhe este conteúdo com menores de 18 anos.